Loading...
  • Top Bar Left
  • Top Bar Left

Em meio a ataques cibernéticos recentes, como os vírus WannaCry e Petya, que afetaram milhares de computadores e empresas em todo o mundo, a segurança da informação é uma preocupação comum para executivos de todos os setores.

Sendo referência em gestão documental, a Access investe significativamente em práticas para garantir a integridade dos seus sistemas e tecnologia. André Iwase, gerente de TI da Access fala sobre a importância desses cuidados nas companhias para mitigar riscos. Confira!

Como você avalia a evolução da segurança na gestão de dados, tão essencial para o negócio da Access?

Hoje em dia os dispositivos com acesso a internet são cada vez mais usados. Porém, qual a segurança nisso tudo? A gestão da informação acompanha essas mudanças de comportamento, afinal as empresas devem se preocupar com os aplicativos e ferramentas usados e se estão atrelados a sistemas corretos para garantir que não haja vulnerabilidade nas plataformas. Os softwares devem ser melhorados em conjunto, para cobrir todos os dispositivos possíveis.

De que forma a Access atua para aprimorar seus sistemas?

Com muita seriedade. Temos a obrigação de cuidar das informações de nossos clientes da mesma forma que um banco guarda dinheiro. É preciso tomar todas as medidas para blindá-las, desde o físico até o digital. Apostamos mais de 80% de nossos investimentos em melhorias de estrutura e sistemas de segurança.

Como a Access garante a sustentabilidade dos negócios?

Trabalhamos com informações todos os dias, por isso é primordial ter uma equipe qualificada e tecnologias de ponta para evitar qualquer tipo de situação adversa.

Com o aumento da incidência de ataques cibernéticos as empresas que gerenciam dados serão mais requisitadas?

Com certeza. Quanto maior o uso de ferramentas e plataformas digitais, maior a preocupação com a segurança dos dados. Muitos clientes, mesmo antes dos ataques do vírus WannaCry, já sinalizaram que vão aumentar o nível de detalhamento nas auditorias. E aqueles que não tinham essa prática passarão a adotá-la.

Para fazer a gestão de documentos, é preciso seguir as melhores práticas do mercado. Uma governança corporativa que alinhe estratégias da equipe de TI ao desenvolvimento de colaboradores qualificados permite que exista sintonia em todas as ações, algo que a Access aplica diariamente.

Como a gestão da informação pode mitigar riscos?

Uma empresa focada nesse tipo de gestão, como a Access, tem os instrumentos, tecnologia e know-how necessários para isso, e isso faz com que os processos funcionem de forma eficiente. Quando entramos nas companhias é para permitir que as equipes possam focar em seu core business, e deixar que nós façamos a gestão da informação e agreguemos qualidade, agilidade, redução de custos. Quem investe no especialista, consegue prevenir problemas no futuro.